Curtindo um trecho do livro

 

— Lembre-se que o mundo saberá que você, por livre escolha, se aliou a Satan.

— E ?

— Não subestime o desprezo absoluto das pessoas. Tornar-se um pária não é fácil. As pessoas acreditam que o diabo é Satan. Ignoram que o mundo é muito mais antigo que o cristianismo. Tudo para essas pessoas ignorantes é coisa do “diabo”. E julgam, recriminam e segregam. Ainda que isso seja um pecado diante de Deus. Porém, estranhamente é exatamente esse comportamento hipócrita e preconceituoso que a Igreja incentiva. É tudo tão absurdo. E afinal o que são os pecados? É uma maneira de controle do ser humano, de condená-lo, de inserir culpa pelos seus desejos naturais, de submetê-lo, de castrar seus pensamentos. É tudo tão ridículo.

E deu risada, colocando para trás seus lindos cabelos castanhos, dando a entender que os pecados existiam para serem cometidos e que os pecados eram o próprio símbolo da hipocrisia das pessoas.

—   E então? Assinará o pacto? — perguntou-me, dando um sorriso maroto.

—   O que posso dizer?

—   Sim ou não?

 

 

Anúncios

5 respostas para Curtindo um trecho do livro

  1. Jean Carlos disse:

    SIM….
    perfeito este livro, vi em um site, chamado Morte Súbita, e interessei, quero esse livroo…
    Parabéns Eliane Quintela…

  2. luah12 disse:

    Fiquei muiiito curiosa para lê-lo!!!
    Super beijo!!!
    Parabéns!

  3. Pingback: Psychobooks » Resenha: Pacto Secreto

  4. Pingback: [AUTOR PARCEIRO] Eliane Quintella | Livros & Citações

  5. cani disse:

    maravilhoso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s